× Modal
X

FUTURO DA CASSI

A atual situação deficitária da Cassi é uma preocupação de todos nós, pois dependemos da Caixa de Assistência para garantir um bem fundamental e que não tem preço: a saúde.

A proposta de alteração estatutária apresentada para votação, após intenso debate e negociação entre as entidades e o BB, com suporte técnico da Cassi, busca implementar as medidas necessárias para restabelecer o equilíbrio financeiro e atuarial da Caixa de Assistência, com a contrapartida do patrocinador e dos associados, tendo cada um cedido em pontos divergentes e mantido premissas que consideram fundamentais para alcançar o equilíbrio no custeio.

As contribuições serão mantidas no atual patamar (4% para associados e 4,5% para o BB), mesmo após 2022, com a vinculação da contribuição por dependente ao percentual do salário/benefício recebido. O Banco, por sua vez, irá contribuir com adicional de 3% (por dependente) para até três dependentes dos funcionários da ativa, até a sua aposentadoria, e com uma taxa de administração de 10% sobre a folha total dos funcionários da ativa até 2021 e retroativa a jan/2019, valores que serão injetados no caixa da Cassi e auxiliarão no custeio global do plano, garantindo sua solvência até 2024.

Na parte de governança, foram inseridas alterações que buscam a melhoria e agilidade dos processos decisórios. A aprovação da proposta de alteração estatutária, defendida pela ANABB, representa a recuperação do equilíbrio financeiro da Cassi e colabora decisivamente para garantir a saúde de todos nós!

Faça Download da Cartilha