× Modal
X

Sem plano no pós-laboral

Proposta da Cassi 

O artigo 13, § 1º, do Estatuto proposto afirma que:

“Para os fins do disposto no inciso II do caput, não serão considerados aposentados os ex-empregados que forem contratados pelo Banco do Brasil S.A a partir do início da vigência deste Estatuto”.


Análise da ANABB

A proposta acima faz valer a Resolução CGPAR nº 23/2018, que está sendo questionada judicialmente pela ANABB, ao deixar de oferecer o benefício de saúde no período pós-laboral. Um plano sem novos ingressos é um plano que caminha para a extinção. Sem novas vidas, o plano não se sustenta e pode prejudicar os atuais associados.

Retirar dos futuros funcionários o direito de se aposentar com a cobertura e a vantagem oferecidas pelo Plano de Associados, com o custeio do Banco do Brasil, é verdadeiro retrocesso social e explicita a visão unicamente financeira da proposta. Há ainda o desprezo pelo nestado de saúde dos aposentados, que ao longo dos anos exerceram suas atividades com afinco.