× Modal
X

Quando foi fundada em 20 de fevereiro de 1986, a gestão executiva da ANABB ficava nas mãos do presidente e do vice-presidente, ambos cedidos pelo Banco do Brasil. Na época, também faziam parte da Diretoria, o diretor Financeiro e o diretor de Relações Sócio Funcionais.

Jul./1992 a Dez./1992

Em maio de 1992 foram feitas novas alterações no Estatuto Social da ANABB. No documento havia um capítulo de Disposições Transitórias, que determinava a elaboração de proposta de reforma do Estatuto, e eleições para membros do Conselho Deliberativo, que elegeriam entre si os integrantes do Conselho de Administração, eleições também para o Conselho Fiscal e para correspondentes. O mandato desses eleitos seria de apenas seis meses – de julho a dezembro de 1992. Não houve eleições para as Diretorias Estaduais. O mandato dos diretores estaduais eleitos para a gestão Jul./1989 a Mai./1992 foi prorrogado até dezembro de 1992.
Com a mudança estatutária de maio, o número de conselheiros deliberativos passou de 11 para 21. A escolha de todos os integrantes do Conselho Deliberativo passou a ser feita pelo Corpo Associativo.

Conselho de Administração

Presidente: Emílio Santiago Ribas Rodrigues
Vice-Presidente: Fernando Arthur Tollendal Pacheco
Diretor Administrativo: Artur Emílio Prellvitz
Diretor de Atividades: Constâncio Pinheiro da Fonseca


Conselho Deliberativo

Presidente: José Branisso
Secretário: Aldo Luiz Mendes
Alonso Sérgio Waack Sampaio
Álvaro Moreira da Costa
Antilhon Saraiva dos Santos
Antônio Cândido Ferreira Lamy
Antonio Gonçalves de Oliveira
Arnold Souza Aguiar
Carloman Galheiro Marinho
Carlos Rosalvo de Oliveira Serrano
Douglas José Scortegagna
Eduardo Menezes Lima
Isnard Kisner Kosby
Jayro de Maio Bernardes
João Botelho
José Flávio Ventrice Berçott
Macilene Rodrigues de Oliveira
Oscar César Brandão
Ozório Simões Bacedo
Silvânia Oliveria Rocha Ferreira
Tasso de Moraes Rego Filho


Conselho Fiscal

Presidente: Nelson Barenho
Cláudio José Zucco
José Sampaio de Lacerda


Diretorias Estaduais

Acre: VAGO
Alagoas: Laudirce Leite de Oliveira
Amapá: Antônio Carlos Almeida Campelo
Amazonas: Raimundo Nonato da Silva Benarrós
Bahia: Geraldino Lopes de Lima
Ceará: Carlos Alberto Nogueira Lima
Distrito Federal: Antilhon Saraiva dos Santos
Espírito Santo: VAGO
Goiás: Carloman Galheiro Marinho
Maranhão: Geraldo Leite Fernandes
Mato Grosso: Abiezer Ferreira da Silva
Mato Grosso do Sul: José Carlos Longo
Minas Gerais: Carlos Luiz Teixeira Ribeiro
Pará: VAGO
Paraíba: Izaias Luiz da Silva
Paraná: Osvaldo Batista Vallim
Pernambuco: Luiz Felipe de Moraes Moura
Piauí: José Narciso do Monte
Rio de Janeiro: Álvaro Moreira da Costa
Rio Grande do Norte: Marcus Antônio Guedes Vasconcelos Fonseca
Rio Grande do Sul: José Benito Gonzáles
Rondônia: Paulo Henrique Costa 
Roraima: VAGO
Santa Catarina: Isaias Borges
São Paulo: Antonio Gonçalves de Oliveira
Sergipe: Paulo Teixeira Lima
Tocantins: José Evandir Gasparin