× Modal
X

Quando foi fundada em 20 de fevereiro de 1986, a gestão executiva da ANABB ficava nas mãos do presidente e do vice-presidente, ambos cedidos pelo Banco do Brasil. Na época, também faziam parte da Diretoria, o diretor Financeiro e o diretor de Relações Sócio Funcionais.

Dez./1999 a Dez./2002

Em dezembro de 1999 (após 10 meses de “intervenção”), a Justiça deu ganho de causa à Diretoria havia sido eleita no final de 1998, ficando o novo mandato assim constituído:

Diretoria Executiva

Presidente: Valmir Marques Camilo
Diretor Administrativo Financeiro: Douglas José Scortegagna
Diretor de Comunicação e Desenvolvimento: José Sampaio de Lacerda Júnior
Diretora de Relações Funcionais, Aposentadoria e Previdência: Cecília Mendes Garcez Siqueira
Diretor de Relações Externas e Parlamentares: Augusto Silveira de Carvalho


Conselho Deliberativo

Presidente: Romildo Gouveia Pinto
Ana Maria Dantas Leite
Anita Silva Carvalho
Antonio Gonçalves de Oliveira
Camilo Calazans de Magalhães
Carlos Rosalvo de Oliveira Serrano
Denise Lopes Vianna
Élcio da Motta Silveira Bueno
Emílio Santiago Ribas Rodrigues
Fernanda Carísio
Fernando Amaral
Graciela Paula Ferroni
Henrique Pizzolato
Inácio da Silva Mafra
José Branisso
Lessivan Marcos O. Pacheco
Mário Juarez de Oliveira
Mércia Maria Nascimento Pimentel
Paulo Edgar Trapp
Tereza Cristina G. M. Santos
William José Alves Bento

Conselho Fiscal

Presidente: José Antônio Diniz de Oliveira
Secretário: Cláudio José Zucco
Alba Terezinha Legnani
Maria Izabel Scherer Oliveira
Onivaldo Moisés Mariani
Saul Mário Mattei

Diretorias Estaduais:

Acre: Ailton José Blazute Braga
Alagoas: Ivan Pita de Araújo
Amazonas: Ângelo R. Celani Pereira
Amapá: Eliane Perez Vanetta
Bahia: Antônio Carlos (Nei Rios)
Ceará: Francisco Henrique Ellery
Distrito Federal: Elias Kury Filho
Espírito Santo: Sebastião Ceschim
Goiás: Saulo Sartre Ubaldino
Maranhão: Miguel Ângelo R. e Arruda
Minas Gerais: Eder Melo
Mato Grosso: Arildo Leal Paula
Mato Grosso do Sul: João Alfeu Simioni
Pará: Marcílio Abreu Monteiro
Paraíba: Júlio Honório de Melo Neto
Pernambuco: Luiz Felipe M. Moura
Piauí: José Ulisses de Oliveira
Paraná: Paulo Roberto Lima
Rio de Janeiro: Rita de Cássia O. Motta
Rio Grande do Norte: Antônio Eduardo A. Figueiredo
Roraima: Maria de Jesus M. Mourão
Rio Grande do Sul: Osvaldo Petersen Filho
Canta Catarina: Jason Tasso M. Silveira
Sergipe: Emanuel Júnior
São Paulo: Luiz Antônio Saadi
Tocantins: Edilson Souza Jácome