× Modal
X

Sergio Riede entrou no Banco em 1976 e aposentou-se em 2010. É conselheiro deliberativo da Fenabb, da AABB Brasília e do Economus – fundo de pensão e plano de saúde dos funcionários oriundos do Banco Nossa Caixa. Foi diretor de Gestão de Pessoas e gerente-executivo de Responsabilidade Socioambiental do Banco do Brasil; presidente da Cassi e da Fenabb; conselheiro deliberativo da Cassi; e conselheiro fiscal da Previ, da Brasilsaúde e da Brasilcap.

 

 

Seu primeiro mandato ocorreu no período da reforma do Estatuto (julho de 1992 a março de 1993). Assumiu a presidência pela segunda vez em dezembro de 1993. Permaneceu até dezembro de 1995 em substituição ao presidente Artur Emílio Prellvitz. Nasceu em 6 de fevereiro de 1956 em Alegrete (RS). Tomou posse no Banco em 30 de abril de 1980. Antes de presidir a ANABB, foi presidente da AABB em Alegrete. Foi delegado na Cooperforte de setembro de 1996 a dezembro de 1997. Formou-se em Direito pelo Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) em 1997. Foi conselheiro fiscal da Cassi.

 

 

Nasceu em Araçatuba (SP) em 14 de maio de 1953. Valmir Camilo foi admitido no Banco do Brasil em 1976. É formado em Direito pela Faculdade de Direito de Araçatuba. Foi dirigente do Sindicato dos Bancários de Araçatuba e Região, entre 1988 e 1995, e da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso, entre 1989 e 1995. Foi presidente do Conselho de Administração da Acesita, presidente do Conselho da Bombril e conselheiro deliberativo da Previ.  

 

Natural de Itapema (SC), nasceu em 10/3/1960. Foi admitido no Banco do Brasil em 23/11/1982. Artur Prellvitz é bacharel em Economia. 

 

Paulista de Tapiratiba, João Botelho nasceu em 1º de janeiro de 1952 e tomou posse no Banco em 1971, na cidade de Suzano (SP). Sua carreira no Banco o levou a trabalhar na então subagência de São Miguel Paulista, em Orlândia e em Ribeirão Preto, todas no interior de São Paulo. Em 1977, Botelho passou a trabalhar em Brasília na Inger até tornar-se diretor da ANABB. É advogado, um dos fundadores da AABB em Suzano e ex-diretor da AABB em Orlândia. Antes de ser presidente, foi vice-presidente da ANABB.

 

Natural de Bauru (SP), nasceu em 2 de setembro de 1943. Tomou posse no Banco do Brasil em 1964, na cidade de Paranaíba (MS). Ao longo de sua carreira no Banco, trabalhou em Lençóis Paulistas e em Bauru, onde foi responsável pelo serviço de credenciamento de médicos e hospitais para a Cassi. Em 1972, realizou um estágio no Funci, no Rio de Janeiro, sendo logo depois transferido para Brasília. Trabalhou no Funci até 1975, tendo sido requisitado para atuar na Presidência da República, até 1979, e no Ministério da Indústria e Comércio, até 1984. José Flávio trabalhou na Inger, até 1986, quando foi cedido à ANABB. É economista e foi professor do Centro Universitário do Distrito Federal (UDF).